1512Fri2017

Última atualização12:10:42 AM GMT

  • Clipes

  • Programas

Sample image Sample image Sample image Sample image Sample image Sample image
Sample image Sample image Sample image Sample image Sample image
Voltar Os cinco conselhos da nobreza

Os cinco conselhos da nobreza

  • PDF

A nobreza é notável. Os nobres são preparados desde pequenos para prosperarem, governarem e projetarem coisas nobres. Assim como a atual realeza de nações como a Inglaterra são referência para o mundo, há mais de 3.000 anos a dinastia de Davi, rei de Israel, era o modelo.

Darei destaque a um dos filhos dele, Salomão, que a História qualifica como o homem mais rico e sábio que já passou pela Terra. Este sábio rei tinha características muito interessantes. Dedicou-se a estudar e observar o mundo, filosofou mui profundamente sobre assuntos que iremos discutir nas próximas linhas.

Para mim, o mais importante é que os textos aqui citados foram retirados da Bíblia, que é o livro histórico-filosófico mais antigo, mais vendido e mais respeitado do mundo. Segundo a fé cristã, são palavras inspiradas por Deus.

Compartilharei agora cinco ferramentas poderosas que encontramos no famoso livro de Provérbios, escrito por Salomão:

1- Deixar as coisas ilícitas Provérbios 28:13 (BKJ)

“Quem camufla ou esconde suas faltas, jamais terá sucesso e prosperará, mas quem as reconhece, confessa e abandona, receberá compaixão e misericórdia de Deus.”

Não tem jeito. Tudo que está escondido um dia será revelado. Os escândalos no Congresso Nacional, na polícia, no Judiciário, nas empresas quem sonegam impostos, nas famílias, escolas e instituições religiosas são a prova disso. Nada fica oculto.

Mas o que interpreto neste conselho de Salomão é que não temos chances de receber a verdadeira prosperidade e sucesso enquanto tivermos coisas camufladas em nossa vida, negócios e relacionamentos. O antídoto para este vírus é RECONHECER, CONFESSAR e ABANDONAR.

Faça isso mentalmente. Pense agora em pelo menos duas coisas que você por algum motivo escondeu e que, na verdade, estão lhe impedindo de prosperar.

Como vou tratar algo que não identifico? Como irei confessar o que não reconheço? Como vou abandonar se acho que não tem nada demais?

O que você precisa deixar para trás hoje?

Não podemos continuar rumo ao lugar desejado sem destruir este obstáculo primeiro. Precisamos estar certos de que nada será empecilho para o sucesso.

Quando fiz a minha lista anos atrás, tive que escrever e confessar coisas que me constrangiam. Verdadeiramente é difícil trazer à luz o que está no escuro. Chega a doer.

Mas não há outra forma de tratar esta questão. Depois que zerei as pendências da lista, nunca mais parei de crescer como pessoa.

O rei de Israel era um visionário. Ele queria deixar para as próximas gerações esta instrução infalível. Quem desvia dinheiro público que confesse e abandone a prática, quem sonega impostos faça o mesmo. Quem vive de mentiras, reconheça e só fale a verdade, quem engana a esposa ou seus amigos que deixe de fazê-lo.

Somente vivendo uma vida de renúncia alcançaremos o sucesso completo, e isso sempre será através da misericórdia e da compaixão de quem é maior do que todos nós.

A inteligência existencial faz parte de todo ser humano. Ela está sempre pobre e necessitada, sempre há um vazio a ser completado. Por isso, busque a sabedoria que nutre o seu vazio existencial. Esse conhecimento está à disposição dos homens, porém não vem daqui.

2-  Bom nome Provérbios 22:1 (BKJ)

“A boa reputação e um bom nome valem mais do que muitas posses; e desfrutar de uma boa estima vale mais que prata e ouro”.

Uma vez um amigo me perguntou: “Tiago, você não tem medo de um dia falir, tendo em vista que seu principal negócio é levar grupos para Israel, uma terra pode entrar em guerra a qualquer momento?”

E eu respondi: “Amigo, não tenho temor algum, pois se as fronteiras em Israel fecharem e eu não puder mais trabalhar levando meus grupos turísticos e de estudo, vou vender paçoca para minha carteira de clientes e posso prosperar novamente. Quando se tem um bom nome, o que menos importa é o produto que você está vendendo”.

Acredito com todas as minhas forças que o nosso nome é um patrimônio. Somos julgados, aplaudidos, questionados ou honrados pelo nome que construímos. Conheço empresários que fecharam alguns negócios sem terem dinheiro no momento do acordo, mas o nome deles era suficiente para dar segurança aos envolvidos.

O bom nome é uma moeda valiosa.

Portas são fechadas quando um nome é mal falado. Oportunidades escorrem pelas mãos quando seu nome está manchado por algo do passado ou presente.

Valorize seu nome. Recupere-o, caso ele esteja perdido. Sempre há esperança enquanto há vida.

Construa mais do que uma boa reputação, desenvolva a integridade. Todos só lembram de como uma pessoa terminou.

Como termina é sempre mais importante do que como começa. Essa é a imagem que vai se perpetuar. Então comece hoje a construir um fim glorioso.

Reputação x Integridade

José, filho de Jacó, o homem que deu nome a nação dos judeus, Israel, foi vendido ao Egito como escravo por seus irmãos invejosos.

Passou de tudo que um escravo passa. Abusos, fome, sede, cansaço extremo, raiva da vida e etc...

Porém, com o passar do tempo, ele conseguiu um trabalho na casa de Potifar, um respeitado político da época. Este poderoso homem viu que José tinha potencial, nobreza educação, capacidade de produzir e, acima de tudo, afinidade com uma força sobrenatural. Entretanto, a esposa deste nobre senhor, começou a desejar aquele jovem serviçal.

Certa vez, José entrou em casa e se deparou sozinho com a esposa de Potifar. A mulher, então, tentou agarrá-lo. Em fração de segundos, José precisou decidir se manteria sua integridade ou se deitaria com ela.

José preferiu a minha opção: saiu correndo e deixou a mulher para trás.

Rejeitada, ela espalhou aos quatro cantos que o jovem tentou seduzi-la. Quem conhece a história, saber que José sofreu muito por conta disso, mas deu a volta por cima. Mas o interessante é que ele preferiu continuar sendo íntegro.

Reputação é o que os outros pensam de você, integridade é o que você é e faz quando ninguém está te olhando.

3-Ser bom no que faz Provérbios 22:29.

“Já observaste uma pessoa boa no que faz? Ela será promovida e andará com reis e não com pessoas de baixo calão”.

Esta é uma chave poderosíssima. Faça uso dela sem moderação.

Ser bom especialista no que você faz te promove rapidamente entre os de grande posição. O mundo carece de mão de obra qualificada, empresas especializadas, pessoas peritas.

Certa vez, fui palestrar em uma comunidade carente do Rio de Janeiro e quando comecei a falar sobre a importância de ser especialista, um jovem se levantou e questionou: “Como seremos bons se não temos nenhum recurso ou preparo para um dia chegar lá?”

De pronto, eu respondi: “Você sabe misturar leite condensado com chocolate em pó?”.

Ele riu, como quem diz: “Claro que sei”.

Então contei a história das duas meninas do interior de São Paulo que faziam brigadeiro tão bem, com tanta perícia, que foram para Nova York produzir estes doces e suas variações.  Três anos depois, a loja delas, uma delicatessen, de produtos finos, era uma das mais frequentadas de Manhattan.

Você pode misturar leite condensado com chocolate em pó e terá algo doce e gostoso. Mas se você fizer isso com perícia, poderá se destacar entre milhões de pessoas.

4- Conselhos Provérbios 15:22.

“Onde não existem conselhos fracassam os planos, mas com a cooperação de muitos conselheiros há grande êxito”.

Preciosos leitores, como pode uma pessoa casar, escolher uma faculdade, abrir um negócio, investir em algo sem antes se aconselhar?

O casamento, teoricamente, é para a vida toda. Mas pessoas tomam essa decisão sem conselhos, sem aprender com a experiência de outros. Muitos acabam fracassando.

Outros abrem e investem em empresas sem consultar ninguém do ramo, sem conversar com os pais, os líderes espirituais ou quem é referência para eles.

Ter um grupo de conselheiros é um dos maiores segredos para uma vida rumo ao lugar desejado. Confesso que não dou um passo sem consultar meus pais, meus líderes espirituais, meus amigos chegados, minha equipe e colegas especialistas na área na qual preciso de conselho.

É importante ressaltar que não havendo conselhos os planos fracassam. Por quê?

Porque o homem mais sábio que já existiu estudou a vida, o ser humano e tudo que acontece debaixo do sol e a conclusão que ele chegou é que “os planos realizados mediante sábios conselhos tem bom êxito”. O trecho está em Provérbios 20:18 (BKJ atualizada).

No capítulo 24:6 (BKJ atualizada), ele afirma que “quem parte para a guerra necessita de orientação estratégica, pois com muitos conselhos se conquista a vitória”.

Nós estamos em guerra. Todo o dia a batalha é diferente. Às vezes é na saúde, na criação dos filhos, na vida conjugal, nas finanças, nas emoções e por aí vai...

Mas com orientação estratégica e muitos conselhos conquistamos a vitória!

Não desista dos seus sonhos. Prossiga!  Porém não dê um passo sem conselhos.

 

5- Amar a repreensão  Provérbios 13:18.

Quem despreza a correção cai no escândalo e na pobreza, entretanto, quem acolhe a repreensão é abençoado com honra.”

O ser humano em geral odeia ser contrariado. Resistimos quando alguém nos corrige, somos avessos à repreensão. A humanidade poderia ter progredido muito mais ao longo dos últimos séculos se, como indivíduos, fossemos repreensíveis.

Se entendermos a benção que é ser corrido poderemos reduzir nossa margem de erros e aumentar nossas chances de sucesso.

Sofrendo muito aprendi o valor da repreensão. Hoje, com toda humildade, posso dizer que amo ser corrigido. Tenho prazer quando um de meus mentores me chama para um café e, sinceramente, diz tudo o que ainda está errado em mim.

Sinto-me privilegiado quando meu pai - mesmo eu já tendo saído de casa há mais de 10 anos para me casar com Jeanine - me telefona para me chamar atenção por alguma coisa que falei. Sou um felizardo!

Aprendi a crescer com a dor da correção, com a vergonha da repreensão.

Quem despreza isso cai no escândalo e na pobreza. Que forte essas palavras de Salomão, pois são duas coisas que ninguém quer experimentar.

Na maioria das vezes resistimos quando somos contrariados, pois as pessoas que o fazem, fazem sem sabedoria. Geralmente gritando, acusando ou até oprimindo.  Mesmo assim, blinde suas emoções e retenha o que é bom nessas colocações. Ainda que, às vezes, exageradas.

 Você não muda pelo que escuta. Você muda pelo que acredita!

 Tiago Brunet

 CEO da Amar Turismo

Coach e consultor empresarial

Autor do livro RUMO AO LUGAR DESEJADO

 Teólogo, com mestrado em Coaching e doutorando em Business Admnistration pelo Florida Christian University

 


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Newsletters

Inscreva-se para receber
os nossos informativos!

Por favor, insira seu email abaixo.