1512Fri2017

Última atualização12:10:42 AM GMT

Voltar Tecnologia Mobile Dicas para a bateria do seu Android durar mais!

Dicas para a bateria do seu Android durar mais!

Dicas CSmidia!
Donos de smartphones, não raro, consomem muito rapidamente a bateria de seus aparelhos. E isso não é exatamente um defeito de fabricação ou erro de projeto: este tipo de gadget tem um consumo de bateria diferente dos modelos mais simples.

Isso porque ele tem mais recursos, tela maior e, sobretudo, um sistema operacional mais parrudo, que roda “por baixo” da apresentação visual, e junto com ele carrega alguns aplicativos e rotinas que demandam mais bateria.

Em resumo: você precisa de mais tempo de bateria para curtir tantos aplicativos e funções e elas precisam de mais tempo de bateria para funcionar a contento. Como quebrar este ciclo? Aí vão algumas dicas:

Diminuir o brilho e tempo da tela: um dos charmes dos smartphones são as telas super telas de AMOLED, SUPER LCD, e outras tecnologias que garantem brilho diferenciado, super definição de imagem e toques precisos. Contudo, o brilho de telas enormes é o que mais consome bateria. Para diminuí-lo, vá em Configurações > Tela > Brilho e reduza para algo em torno de 10 a 20%. Você pode estranhar no começo – tendo alguma dificuldade de enxergar a tela, sobretudo à luz do sol -, mas a economia de energia compensa. Outra: diminua o tempo de permanência de tela acesa. O padrão é um minuto, mas você pode reduzir para 15 segundo. Vá em Configurações > Tela e faça a alteração

Controlar melhor os serviços de conectividade: Wi-Fi, Bluetooth e GPS consomem bateria em seu uso. O Wi-Fi deve ser desligado quando não for utilizado, pois fica procurando por redes para se conectar. O Bluetooth, desta lista, é o grande vilão do consumo de bateria e só deve ser utilizado para cumprir sua função em determinado momento, por exemplo, trocar arquivos ou conectar-se ao sistema de viva-voz do carro. O GPS nem consome – por si só – tanta bateria. No entanto, os aplicativos de geolocalização são cada vez mais comuns e eles demandam que o GPS fique ligado, consumindo bateria “de tabela”. Evite deixar estes aplicativos abertos.

Diminua o ritmo das atualizações dos seus Apps: muitos aplicativos utilizam as notificações PUSH para consultar dados como novos e-mails, citações em redes sociais, “check-ins” dos amigos etc. Você pode diminuir a “fome” destes aplicativos por dados, trabalhando com prazos mais dilatados de atualização. Em alguns casos, checar e-mails e demais novidades de hora em hora é mais do que aconselhável!

Desligue os penduricalhos: animações, wallpapers e demais soluções de design consomem uma quantidade considerável de CPU (processamento) exigindo mais da bateria. Ao desligar estas funções você trabalha em um modo mais simples visualmente, mas terá mais tempo de autonomia para uma viagem ou um dia inteiro de reuniões longe da tomada.

Uma dica importante: não deixe o aparelho submetido a temperaturas altas seja por incidência direta do sol (pecado!) ou por deixar muito tempo em seu bolso.

Ferramentas que ajudam você a configurar melhor o seu Android

Claro que o “liga e desliga” de funções pode ser um pouco cansativo. Por isso existem aplicativos que, uma vez configurados por você, tomam conta deste controle de funções. Um deles é o Tasker. Com ele você pode ajustar seu Android para ligar o GPS só quando o Google Maps for utilizado, o Bluetooth só quando o telefone estiver no dock ou até mesmo restringir o uso de dados à noite.

Outro bem interessante, que atua no controle de consumo de dados, é o Juice Defender. Seu funcionamento é simples: ele liga e desliga sua rede de dados de tempos em tempos para, só então, buscar novos e-mails e informações.

Bom, acho que com estas dicas seu smartphone com Android vai rodar mais tempo sem buscar uma tomada, certo? Quem tiver mais dicas, é só comentar!


Fonte: Publicado pela MagazineLuiza.com.br em 29/05/2011.


Newsletters

Inscreva-se para receber
os nossos informativos!

Por favor, insira seu email abaixo.